As edificações do Centro Histórico de João Pessoa

O Centro Histórico de João Pessoa possui cerca de 400 hectares de área, realmente são diversas edificações ricas em detalhes e acabamentos. Eu procurei visitar, ou pelo menos passar em frente às principais e acho que a percepção das edificações fica muito mais legal quando sabemos um pouquinho do seu histórico. Mantive nessa lista mais ou menos as mesmas edificações que coloquei no percurso sugerido no post anterior.

Tribunal de Justiça

DSCN3561

DSCN3562

Com características neoclássicas, foi construído entre 1917 e 1919. Inicialmente era a sede da Escola Normal, funcionando na edificação até 1939. Nessa época foram feitas algumas reformas internas para então sediar o Tribunal de Justiça e boa parte das características neoclássicas se perderam. Atualmente na cripta do Hall de Entrada é que estão os restos mortais do ex-presidente da República, o paraíbano Epitácio Pessoa e de sua esposa.

Localização: Praça Presidente João Pessoa, s/n – Centro

Convento e Igreja Nossa Senhora do Carmo

DSCN3568

O conjunto arquitetônico é composto pela Igreja de N. Sra. Do Carmo, a Igreja de Santa Tereza e a Arquidiocese Paraibana/Palácio Episcopal.

A Igreja de N. Sra. Do Carmo é a edificação maior, com única torre e foi construída em estilo barroco romano, com características do estilo quinhentista. Sua construção data do século XVI, por volta de 1592 com o objetivo de servir de Convento. A fachada do conjunto é toda em pedra e na parte interna alguns relevos e talhas também foram feitos utilizando esse mesmo material. O destaque especial fica por conta da nave, bem ampla e imponente e com delicados motivos florais esculpidos em pedra calcária.

DSCN3571

A Igreja de Santa Tereza localiza-se ao lado direito e possui proporções bem menores, mas uma grande riqueza de detalhes. Foi construída no século XVIII, em 1777 por Frei Manuel de Santa Tereza. A principal particularidade dessa Igreja que possui proporções de Capela (casa de oração) é que os quatro cantos da sua nave são chanfrados, deixando-a com uma forma octogonal. O forro, em abóbada ogival conta episódios da vida e morte da reformadora do Carmo. A sacristia toda em jacarandá chega a ser um desbunde de tão linda!

DSCN3573

O Palácio Episcopal data de 1591 e foi construído pela Ordem Terceira do Carmo. Por fora não identificamos essas variações nos anos de construções, as três formam um conjunto único. Tereza.

Localização: Praça Dom Adauto, s/n – Centro.

Paraíba Palace Hotel

Principal exemplar da arquitetura em estilo art-noveau, o hotel teve seu apogeu nas décadas de 1930 à 1960 e era bastante frequentado pela então elite paraibana. No hotel era comum hospedarem-se nomes conhecidos da elite paraibana, além de políticos, atletas e artistas da época em visita à capital.

Em função do crescimento da cidade e o consequente declínio da área em que o hotel está localizado, o número de hóspedes passou a ser cada vez menor e o Paraíba Palace Hotel viu-se obrigado a fechar as portas. Em 2013 o prédio passou por uma restauração e foi transformado em shopping.

Localização: Praia da Penha. Essa é a única edificação que fica fora do Centro Histórico

Theatro Santa Roza

JP - Centro

O início de sua construção é de 1873 e a mesma foi a passos lentos considerando que a verba para esse tipo de edificação era escassa. Só foi ser concluído em 1889 sob a administração de Francisco Luiz Gama Roza (vem daí o nome do teatro). Apesar de pouco mencionado, é uma das quatro mais antigas casas de espetáculos do nosso país.

JP - Centro

A construção possui forte influência do barroco italiano, entre os matérias dstaca-se o uso de pedra calcaria em suas paredes grossas e os camarotes feitos em madeira pinho de riga. Os pisos e candelabros internos também são lindíssimos.

Para agendar uma visita: teatrosantaroza@funesc.com.br / Roberto Cartoxo

Localização: Praça Pedro Américo, s/n – Centro.

Mosteiro de São Bento

Considerado um dos monumentos mais importantes do país pelo Instituto Patrimônio Histórico e Artístico da Paraíba. Foi construído em estilo barroco, e um dos aspectos que mais chamam a atenção em sua concepção é a grande harmonia de suas linhas. É sem sombra de dúvidas um dos exemplares mais bonitos do barroco brasileiro.

MOSTEIRO DE SAO BENTO_Foto Jose Wagner de Vasconcellos

Sua construção está relacionada à saída dos Jesuítas e a então necessidade de catequização dos índios. O governador da Capitania Real da Parahyba , Feliciano Coelho, pediu em 1599 ao Abade de Olinda a vinda de monges Beneditinos à João Pessoa. Frei Damião foi o religioso enviado e encarregado da construção do mosteiro e dos demais prédios necessários (mosteiro e igreja). Durante o período da perseguição aos holandeses a obra esteve parada por muito tempo. Em 1666 o prédio passou por sua primeira restauração, permitindo que os missionários voltassem a lecionar suas aulas de religião e latim.

Localização: Av. Gen. Osório – Centro

Conjunto de São Francisco

DSCN3592

O conjunto arquitetônico de São Francisco, formado pelo Convento do Santo Antônio e a Igreja de São Francisco é outro grande destaque do Centro Histórico, também está entre os mais importantes complexos barrocos do País. A igreja propriamente dita somente foi concluída no ano de 1770, depois de ter sido iniciada pelos frades franciscanos, ter suas obras interrompidas pela invasão holandesa e de vê-las reiniciadas algumas vezes. Os franciscanos pertenciam à ordem fundada por São Francisco, vieram à Paraíba para a tarefa de catequização dos gentios, já que não bastavam os jesuítas. A parte relativa ao convento foi iniciada em 1590 pelo Irmão Francisco do Campo Mayor, depois de projetado pelo Frade e Arquiteto Francisco dos Santos.

DSC04737

DSC04743

O Conjunto Franciscano compreende:

O Adro da Igreja de São Francisco, de início do século XVI, cercado de duas grandes muralhas azulejadas com seis painéis representando as estações da Paixão de Cristo. A parte superior das muralhas é toda trabalhada em pedras, artifício bastante utilizado no período colonial pelos artesãos. Além de outros ornamentos, a parte de cima dessas muralhas apresenta os famosos leões em pedra, talvez influência da colonização portuguesa na China. Na entrada do templo, na soleira da porta, há o túmulo de um antigo Capitão-Mor, alguns dizeres chamam a atenção desse túmulo: “Aqui jaz Pedro Monteiro de Macedo, que, por ter governado mal esta Capitania, quer que todos o pisem e a todos pede hum Padre Nosso e Ave Maria, pelo amor de Deus.” (1744).

DSC04742

DSC04740

DSC04739

Convento ou Claustro da Igreja de São Francisco: O Convento ou Claustro da Igreja de São Francisco (Convento de Santo Antonio) é lá que está a célebre Fonte de Santo Antonio e o Relógio de Sol. Tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) desde 16 de outubro de 1952.

DSCN3600

Cruzeiro da Igreja de São Francisco: Trata-se da cruz monolítica localizada entre o Adro e o portal da Igreja, é o único exemplar remanescente dos velhos cruzeiros existentes em João Pessoa. Seu pedestal é todo circundado por vários pelicanos, antigo símbolo (equivocado) da Eucaristia.

DSC04738

DSCN3582

Casa da Pólvora

Existiam 3 Casas de Pólvora em João Pessoa, a última remanescente é a localizada na ladeira de São Francisco, a primeira rua da cidade, construída em 1710. As demais foram completamente destruídas pela ação do tempo

casadapolvora_2

Localização: Ladeira de São Francisco, s/n – Centro

Praça Anthenor Navarro

DSCN3522

DSC04726

A famosa pracinha rodeada por casarões coloridos nasceu numa leva de projetos urbanísticos para área na decada de 1920-1930. É da mesma época o casario que compõe as suas laterais. Ali antigamente funcionavam casas comerciais no seu pavimento térreo e escritórios dos melhores profissionais liberais no andar superior. A maioria das casas é eclética, somente algumas são em estilo art-decó.

Sobrado Comendador Antonio Santos Coelho (Casarão dos Azulejos)

Construída para ser residência, essa construção do século XVIII, tem como particularidade principal o revestimento externo em azulejos nos tons azuis portugueses belíssimos, trazidos da fábrica Devezas – da cidade do Porto.

casa_azul

Localização: Rua Cons. Henriques, Nº 159 – Centro.

Hotel Globo

DSC04718

DSC04722

DSC04736

DSC04732

Construção em estilo eclético com alguma influência do neoclássico e do art-noveau, com motivos art-decó. Entre seus célebres hóspedes está o futuro presidente João Suassuna. Do pátio do hotel é onde se observa um dos mais belos pôr-do-sol da cidade. O hotel funcionou neste local até 1982, em 1988 foi adquirido pelo Estado e atualmente é a sede da Comissão Permanente de Desenvolvimento do Centro Histórico Inicial de João Pessoa.

Localização: Praça de São Pedro Goçalves, s/n – centro.

Anúncios
Esse post foi publicado em João Pessoa, Paraíba e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para As edificações do Centro Histórico de João Pessoa

  1. Patricia de Oliveira Mello disse:

    Vendo as fotos tive vontade de voltar a João Pessoa.
    Está muito interessante a tua abordagem sobre a cidade, que creio está sendo redescoberta como ponto turístico.
    Aguardo os próximos posts.
    beijos
    Patricia

  2. Amanda Roth disse:

    Pois eu também já estou com vontade de voltar!
    Gostei demais de JP, acho que é uma cidade que tem um perfil
    bem diferente das outras capitais do nordeste.
    Pena que pra gente é tãooo longe :/
    bjs!!

Dê vida ao Arquitetando Rotas, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s