Casa do arquiteto Eliel Saarinen em Hvitträsk

Visitar a antiga casa-estúdio do arquiteto Eliel Saarinen, hoje transformada em museu, é um deleite para arquitetos, admiradores da arquitetura e para quem sonha em conhecer as pequenas cidadezinhas finlandesas.

A antiga morada do arquiteto fica localizada a uns 45/50km de Helsinque, em Kirkkonummi, uma pequeno vilarejo próximo à Helsinque. A casa ficou conhecida como Hvitträsk por localizar-se em frente ao lago Vitträsk, que eu sueco antigo significa lago branco.

Casa/studio

Casa/studio

foto 3

Mistura de materiais

Desenhos originais

Desenhos originais

A história dos edifícios têm início no ano de 1896, quando antes mesmo se formar três jovens arquitetos Herman Gesellius, Armas Lindgren e Eliel Saarien resolvem se juntar e abrir um atelier em Helsinque. Os três diplomaram-se em 1898 pela Universidade e Instituto Politécnico, sendo que Eliel Saarinen era graduado em arquitetura e arte. No mesmo ano, tiveram a honra de desenhar o Pavilhão Finlandês para a Exposição Mundial de Paris de 1900, fato esse que trouxe grande reconhecimento e prestígio mundial.

foto 5foto 1

Em 1901 finalmente encontraram um local fora de Helsinque que atendia perfeitamente suas necessidades. Entre os anos 1902 à 1904 cada arquiteto planejou e construiu sua casa sempre tendo em conta a uniformidade do conjunto. Pode-se dizer que ao conceberem seus projetos, esse grupo criou o estilo chamado de National Romantic, ou o art-decó finlandês (mesmo estilo adotado na construção do Empire State Building, em NY)

foto 3

A edificação principal, foi a casa de Eliel Saarinen, hoje transformada em museu. Ao visita-la a encontramos  mobiliada exatamente  como o arquiteto a deixou. A casa foi construída em diversos níveis, que à primeira vista parecem um tanto quanto labirínticos, mas Saarinen dizia que isso havia sido feito para preservar a privacidade dos seus moradores. Considerando que o projeto tornou-se referência e como tal recebia a visita de muitos estudantes e de pessoas influentes da época.

foto 1

Paisagem deslumbrante!

foto 5

Lago Vitträsk

O mobiliário foi todo projetado especialmente para cada ambiente e ainda hoje muitos móveis possuem um design extremamente contemporâneo. É interessante observar o uso dado aos tapetes, alguns decoram paredes, como as antigas tapeçarias francesas outros cobrem sofás e caem sobre o chão. As aberturas em alguns cômodos podem parecer um tanto quanto diminutas para os nossos padrões de hoje em dia, mas Saarinen tinha baixa estatura e preocupava-se com o bem estar de sua família somente. Durante a visitação podemos apreciar as diferentes vistas proporcionadas pelas aberturas em pontos estratégicas.

foto 3

Detalhe para o tapete que segue do sofá ao piso

foto 4

Berço no quarto das crianças

Cadeiras modernas até hoje!

Cadeiras modernas até hoje!

A sociedade dos três arquitetos dissolve-se quando Eliel Saarinen resolve participar sozinho do concurso para a Estação Ferroviária de Helsinque, em 1904. Seu projeto acaba sendo o ganhador e é construído entre os anos de 1910 e 1914. Esta obra o aproximaria do que estava acontecendo em Viena, aproximando-o da “Secessão Vienense” e de Olbrich. De certa forma acentuando seu processo de evolução como arquiteto, no sentido de projetar com linhas mais racionalistas, expressando um refinamento nórdico do Art Noveau europeu.

Em 1912 Eliel participa do concurso para o edifício do Chicago Tribune nos Estados Unidos e acaba ficando em segundo lugar mas acaba sendo construído. Em função da grande receptividade de sua obra em terras americanas Saarinen decide deixar a Finlândia e muda-se para lá em 1923. No mesmo ano é convidado para ser professor Departamento de Arquitetura da Universidade de Michigan, até 1925.  Em 1924 foi convidado para projetar e coordenar a Canbrook. Canbrook era uma escola altamente vocacionada para as artes e ofícios, à semelhança da Bauhaus alemã. Possuía uma forma e conteúdos pedagógicos distintos da precurssora alemã, mas procurava relacionar conceitos de projetos e design, desde a arquitetura ao mobiliário. Saarinen teve alunos que posteriormente destacaram-se muito em suas produções: Charles Eames, Florence Schust-Knoll e Harry Bertoia.

Nos anos 1930 inicia juntamente com seu filho (Eero) a sociedade “Saarinen e Saarinen”, os dois trabalham em parceria até o falecimento de Eero em 1950.

A importância da obra de Saarinen está muito ligada na recusa do ecletismo bastante difundido no final do século XIX e na busca de uma arquitetura que integrasse referências ao simbolismo cultural nacional. Fez isso procurando associar formas e materiais, passado e presente, regional e internacional. Dessa forma contribuiu muito para a formação de uma sensibilidade finlandesa na arquitetura.

A vegetação está por tudo

A vegetação compõe junto

Seu filho, Eero também merece grande destaque entre os arquitetos Finlandeses e em função da mudança para os Estados Unidos fez toda sua carreira em terras americanas.

Esse é um passeio bastante fora dos tradicionais pontos turísticos de Helsinque, mas que tenho certeza que muitos irão apreciar seja pela visita a casa ou pela belíssima paisagem.

Os diversos tons de verde das folhas e  lago ao fundo

Os diversos tons de verde das folhas e lago ao fundo

Para chegar lá por conta própria existem duas opções de trem:

Helsinki – Luoma (trens L e U):

desde Luoma até o museu serão mais ou menos 2,5km

Helsinki – Kauklahti (trens E, L, S e U):

Em Kauklahti há um ponto de taxi

Para quem não está em grupo é interessante enviar um email para agendar a visita:

hvittrask@nba.fi

Mais informações no site:

www.nba.fi

Anúncios
Esse post foi publicado em Finlândia, Kirkkonummi, Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

Dê vida ao Arquitetando Rotas, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s