Igreja do Sangue Derramado

Para mim uma das imagens mais representativas de São Petersburgo depois do Hermitage é a Igreja do Sangue Derramado, na minha opinião mais bonita até que a São Basílio, em  Moscou. Seu nome original é “Igreja da Ressurreição de Cristo” e ela foi erigida exatamente no local onde o Czar Alexandre II foi encontrado morto, em 1881.

St.Peter_Sangue derramado

St.Peter_Sangue derramado

O Czar foi extremamente importante para a Rússia e ficou conhecido por suas reformas liberais e modernizantes, através das quais procurou renovar a engessada  sociedade russa. Além disso foi ele quem em 1861 decretou o fim da servidão russa onde mais de 22 milhões de camponeses foram libertados. No dia 1º de março de 1881, Alexandre II foi mortalmente atingido por uma bomba atirada por Ignaty Grinevitsky, integrante do grupo revolucionário “A vontade do povo”. Sabia-se que havia uma conspiração tentando o Czar pois várias tentativas já haviam sido feitas…

As consequências da morte do Czar para a Rússia foram muitas, o que provocou um retrocesso no movimento de reforma. Entre as ideias que não foram colocadas em prática estava a criação de um parlamento eleito, ou Duma. O plano era de transformar a Rússia numa monarquia constitucional, o que acabou não acontecendo no longo reinado de opressão de seu filho, Alexandre III.

Em 2 de março os deputados  do Duma fizeram um pedido ao então Czar, Alexandre III o da construção de um monumento ou capela no local onde Alexandre II havia sido assassinado. O Czar aprovou a proposta da homenagem à seu pai mas ressaltou a vontade de querer marcar o local com a construção de uma igreja ao invés de uma capela.

O projeto é de autoria de A.A. Parland (1842-1920), para atender a vontade de Alexandre III o estilo escolhido para a construção  da igreja foi o “verdadeiro estilo russo” onde uma das principais premissas era enclausurar o exato do local do assassinato com as paredes da igreja. Pedaços de granito e do ferro da carruagem onde estava Alexandre II foram recolhidos do local e guardados como relíquias a serem expostas na igreja.

No dia 6 de outubro de 1883 uma cerimônia com a presença dos membros da família imperial foi feita no local, marcando o início das obras com a colocação da primeira pedra de fundação.

A construção levou 24 anos para terminar. Tanto tempo deve-se ao fato de uso técnicas inovadoras para os conhecimentos de engenharia da época além,  claro da grande quantidade de ornamentação interna e eterna. Um sofisticado sistema hidráulico foi desenvolvido para proteger a igreja do canais de água que a rodeiam, outro item empregado foi o sistema de aquecimento absolutamente novo para a época , além de um avançado sistema de instalação elétrica.

Em 19 de agosto de 1907 um novo templo surgia em meio ao canal Catherine (hoje Griboedov) para perpetuar a memória do grande imperador Alexandre II.

Considerada um exemplo do verdadeiro “estilo arquitetônico russo”, a igreja do sangue derramado é marcada pelo uso de cores vibrantes e se tornou um verdadeiro marco arquitetônico na cidade.

O projeto é estruturado a partir de uma  planta compacta de 5 domus, que se completa com 3 semi-circulares absides no lado leste e umum robusto pilar no estilo torre do sino no lado oeste. O telhado octogonal da torrre faz um marco vertical na composição. Esse elemento está diretamente relacionado a uma série de igrejas construídas entre os séculos 16 e 17 na Rússia, caracterizadas por sempre terem um elemento vertical de grande altura no centro da construção.

St.Peter_Sangue derramado

St.Peter_Sangue derramado

As paredes externas  de tijolos vermelhos e marrons são recobertas por inúmeros ornamentos e mosaicos. Internamente, 20 placas de mosaicos descrevem a vida e morte do Imperador Alexandre III. A igreja possui uma das maiores coleções de mosaicos da europa, de 1896 à 1907 os 7056 metros quadrados foram recobertos com mais de 600 ícones e mosaicos.

St.Peter_Sangue derramado

Os mosaicos estão dispostos de acordo com a linha teológica da igreja ortodoxa russa, na qual no teto duomo central sempre temos a imagem de cristo Pantocrator. Três pontos são os principais na igreja:  no lado leste, o altar com uma imagem magnífica de Cristo, no lado oeste a cúpula sobre o local do assassinato, nas paredes inferiores 20 placas de granito vermelho norueguês ilustram os 25 anos de reinado do imperador Alexandre II . No geral os temas utilizados se referem à história, santos e locais importantes para a Rússia. É mesmo inacreditável o trabalho pois não há um milímetro de parede descoberta! Entre os anos 1980 à 1994 a igreja esteve fechada para restauração de seus mosaicos.

A Igreja do Sangue Derramado nunca foi usada para casamentos, funerais ou outras cerimônias religiosas. Toda a sua existência é de fato dedicada a perpetuação da memória de Alexandre II.

Uma boa dica para quem gosta de comprar notas, moedas, distintivos comemorativos ou para os mais fanáticos mini-estatátuas de Lênin é a feirinha de souvenirs que fica em frente à Igreja.

Igreja do Sangue Derramado / Savior on the Spilled Blood – 250 rublos

http://eng.cathedral.ru/spasa_na_krovi/

aberta de maio/set 10h-18h | out-abril 11h-18h

Anúncios
Esse post foi publicado em Rússia, São Petersburgo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Igreja do Sangue Derramado

  1. Pingback: Roteiro Moscou–São Petersburgo (8 dias) | Arquitetando Rotas

Dê vida ao Arquitetando Rotas, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s