Montevideo básica

O Uruguai é um dos vizinhos do Brasil que eu mais gosto, sua capital lembra muito algumas cidades europeias, a população é educada, possui belas prais…Para quem mora no sul passar um feriado prolongado em Montevidéu é super tranquilo, está a apenas 1h30 de avião de Porto Alegre e mesmo saindo de São Paulo 2h30 ou do Rio de Janeiro 3h ainda assim é um destino perto e bem bacana para se visitar num feriado ou em férias mais curtas.

Estive em Montevidéu pela segunda vez em novembro de 2012, quando passei 10 dias no Uruguai conhecendo: Punta del Diablo, Punta del Este, Montevidéu e Colônia de Sacramento. Fizemos tudo de carro, saindo de Porto Alegre. As estradas uruguaias são muito bem sinalizadas, bemmm pouco movimentadas e estão em excelente condições. É uma viagem excelente para ser feita “por terra” pois as paisagens são muito bonitas e não rola stress nenhum na estrada.

https://arquitetandorotas.wordpress.com

Montevidéu, a capital, pode ser visitada tranquilamente em 3 dias. A cidade é excelente para caminhar pois é toda plana e as principais atrações turísticas estão concentradas na Ciudad Vieja, bairro próximo ao porto da cidade. Já as atrações noturnas, como bares e restaurantes legais estão distribuídos pela orla, nos bairros de Punta Carretas, Pocitos ou Buceo. Na hora de escolher a região do hotel é bom levar isso em consideração pois um taxi das imediações da Ciudad Vieja até Pocitos sai por volta de 200 pesos o trecho (+ou- 20 reais).

https://arquitetandorotas.wordpress.com

Numa primeira visita à cidade acho interessante começar pela Ciudad Vieja, ela pode ser “o destino final” da caminhada considerando que o percurso para chegar até lá pela Avenida 18 de Julio é bastante interessante pelos seus edifícios históricos de arquitetura eclética, lojas e cafés.  O ideal é  que esse passeio seja feito durante a semana ou no sábado pela manhã pois no sábado à tarde e domingo as lojas fecham e por ser uma área bastante comercial o resultado são ruas vazias com um povo meio esquisito perambulando pelas ruas.  Acho interessante planejar esse percurso de tal forma que se chegue próximo do horário do almoço ao Mercado del Puerto (que abre às 11h00), para comer a legítima parrilla uruguaia (espécie de churrasco feito na brasa de lenha). Um dos restaurantes que indicaria que fui e gostei é o El Palenque, ele fica em uma das “esquinas” do mercado e o que eu achei bacana é que ele possui o atendimento no balcão, mas tem também a área das mesas, outra dica boa para quem estiver de carro é que ele possui estacionamento.

https://arquitetandorotas.wordpress.com

https://arquitetandorotas.wordpress.com

Logo após a Avenida 18 de Julio está a Plaza Independencia, que fica no limite entre a Ciudad Vieja e o centro de Montevidéu. É lá que está a Puerta de la Ciudadela, a ruína que restou da muralha que protegia a cidade antiga, na época colonial. No centro da praça está a estátua de José Gervásio Artigas, antigo general considerado herói nacional (toda cidade uruguaia tem alguma avenida em homenagem à ele).  Abaixo da estátua está o mausoléo que guarda as cinzas dele, que pode ser visitado.Em frente à Plaza Independencia está um dos prédios -símbolo de Montevidéu, o Palácio Salvo, inaugurado em 1928 e que chegou a ser considerado o prédio mais alto da América do Sul na época da sua construção.

DSC02912

https://arquitetandorotas.wordpress.com

DSC02896

DSC02907

Pertinho da praça está o Teatro Solís, vale a pena entrar no site e ver os horários das visitas guiadas ou até mesmo ir ver algum espetáculo. As visitas tem duração de 1h30 aproximadamente e alguns guias falam português. Já me foi muito recomendado mas confesso que acabei não conseguindo ir é no Museo Torres Garcia, que apresenta a obra do celebrado artista homônimo uruguaio, considerado por muitos o pioneiro da arte moderna no país. Outro museu que tenho vontade de ir numa próxima estada é o Museo del Carnaval, alguém já foi?! Para quem estiver pelo Mercado acho que vale dar uma conferida, pois fica ao lado!

DSC02979

O bar/café Café Brasileiro também fica na Ciudad Vieja e é uma boa pedida para um café ou para um medio y medio (bebida típica uruguaia metade vinho, metade espumante) antes do almoço.

No sábado eu indicaria dar uma passadinha na feira de antiguidades da Plaza Matriz também conhecida como Plaza Constitución. É a praça mais antiga da cidade e nela foi jurada a primeira Constituição, em 1812. Ao redor da praça estão alguns prédios públicos e a Igreja Matriz, a Catedral Metropolitana de Montevidéu, inaugurada em 1804, seu interior é bastante simples mas acho que merece uma visitinha em função de algumas esculturas muito bonitas.

DSC02946

DSC02955

Para o domingo a pedida é a feirinha de rua de Tristán Narvaja, que tem “de um tudo”: antiguidades, frutas, quinquilharias, artesanato, até animais de estimação à venda. O interessante pra mim é a ideia de me misturar com “os locais” e me sentir “uruguaia” e não somente “turista”. Para a tarde acho bem agradável passear pela rambla de Pocitos, ou quem sabe até pegar uma praia! Outra opção é conhecer o Parque Rodó, um dos maiores e mais antigos parques urbanos da cidade (seu nome é uma homenagem a um importante escritor uruguaio, José Enrique Rodó).

https://arquitetandorotas.wordpress.com

Montevidéu tem 2 principais shoppings: o Punta Carretas Shopping e o Montevideo Shopping. O Punta Carretas é legal de visitar por se tratar de um antigo presídio desativado que foi reformulado para ser shopping. Lá encontramos as lojas conhecidas como Zara, Levi’s, Nike…e o estacionamento é  gratuito. O Montevideo Shopping é o shopping mais antigo da cidade, eu achei muiiito pequeno com corredores apertadinhos. Recentemente passou a ter um cassino, que nao vale a visita! A dica aqui é:  utilizar o estacionamento do shopping para ir nos barzinhos e restaurantes da redondeza.

Quem tiver vontade de ir em algum cassino acho que o melhor ainda é o do hotel Radisson, que fica em frente à Plaza Independencia. Não se compara ao Conrad em Punta del Este…mas dá pra entreter!

Anúncios
Esse post foi publicado em Montevideo, Uruguai, Viagens e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Montevideo básica

  1. inquietar disse:

    Belo post! Favoritei para reler quando eu e minha mae formos visitar o Uruguai!

  2. Amanda Roth disse:

    Obrigada! Na sequência vou postar Punta del Este e Colonia del Sacramento.

  3. inquietar disse:

    Colonia eu conheci quando eu e minha mae fomos a buenos aires. tinhamos um dia sobrando e falaram que dava tranquilo para fazer o passeio de balsa, conhecer colonia e voltar. Achei o lugar muito charmoso, com seus carros estragados e cachorros. Daí que surgiu a vontade de conhecer o Uruguai. Mas volto para ler seus textos! 🙂

  4. Angela Mello disse:

    Amanda!
    Tu que és apaixonada por patrimônio histórico deves ter ficado encantada com a livraria Lo Más Puro Verso!
    Esta livraria está instalada no edíficio Paulo Fernando tombado pelo patrimônio histórico, e é um belo exemplar do estilo art noveau. Tudo é preservado: as madeiras, as ferragens, até o piso.
    O visitante pode ainda desfrutar do simpático café PV Lounge, que ocupa a maior parte do piso.
    Ao ler o teu relato do post me deu vontade de tomar um pretinho básico e um bom livro sobre wine!
    Mamisa! Sempre acompanhando!
    Bjs

Dê vida ao Arquitetando Rotas, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s